(Re)Encontro

Chegou.
Tirou os sapatos e começou a caminhar.
(Como era bom sentir os pés nus a enterrarem-se na areia)
Sentou-se no limiar da areia seca, onde ainda permanece a marca da maré cheia da noite anterior.
Olhando o mar ficou durante um tempo indefinido.
Subitamente um odor, que lhe era familiar, começou a vaguear no ar.
Virou-se.
Olhou.
Sorriu.

Sem comentários: