Muralhas


Construidas para defesa,
quase sem se dar por isso.
Areia, água, pedra.
Endurecidas sob o olhar atento do Tempo.
Cimentadas sobre o Medo.
Ocultadas pela Vergonha.
Destruídas...
Destruidas, não. Ainda não.
Em fase tardia e morosa
de total demolição

Sem comentários: