Refrescar-te


Pudesse eu
ser o frio
que te refresca a boca;
Ser o gelo
que te aquece a alma;
Ser o fresco
que derrete em ti.
Pudesse eu
ser o coração que bate no teu peito,
sentindo o teu olhar
negro,
profundo,
único,
sobre o meu.
Pudesse eu
derramar sobre ti
o arrepio que me cobre o corpo
e me alimenta.

Sem comentários: