Proximidade


Há distâncias que não se medem pelas pedras lisas da calçada.
Há distâncias que não se contabilizam no correr das estações.
Outras há que se vêem nas palavras, que se ouvem nos silêncios e que nos gestos se fazem sentir...

...ou na ausência de todos eles!

Horizontes longínquos


Momentos há em que precisamos de ajuda para ver mais longe. A realidade circundante aparece desfocada e não nos preenche.

(Re)Leituras


Leio. Releio. Volto a ler. Viro páginas. Avanço linhas.
Palavras minhas, dos outros... dum passado que não teve futuro, dum presente que nunca existiu.
Frases que me fazem sorrir, outras que me inundam o olhar.
Histórias que fazem a minha história, remotas ou recentes, e que por muitas letras que destrua ficarão sempre na memória.

Dilema



De que serve ser-se extraordinário se o que se requer é a perfeição?