Impressões


Entrei pela porta dos sonhos e
encontrei-me na sala dos desejos.
Saí pela janela da fantasia.
Achei-te no meio do nada.
Existes?

Revelo-te em papel fotográfico
onde as cores da imaginação
se misturam com as da realidade

Espalho as minhas impressões digitais
onde ficarão para sempre.
Aí. Nesse mesmo lugar.
Onde ,um dia, te vi.

(Recuperado e editado)

3 comentários:

pecado original disse...

Nunca a fantasia nos fez sentir tanto os pés na terra.
Versos a não esquecer.
Bj.

Drifter disse...

Bonitas palavras...

Catarina em Lx disse...

Como o tempo nos faz apurar...