Intervalo

Não, não voltei. Vim apenas matar saudades...
com este post faço um intervalo na pausa que já vai longa.
Quebro a monotonia da ausência,
abro as janelas de par em par
e deixo uma fresta da porta aberta, por onde entra uma brisa leve
com cheiro a frésias de manhã
e laranjeiras em flor ao anoitecer.


Vim apenas matar saudades...